Cenário de crise econômica não deve nos amedrontar na luta pelos nossos direitos

Nosso Sindicato tem se dedicado à busca por entendimento junto ao Poder Executivo. Nesse sentido, a diretoria traçou metas nas quais a participação dos Servidores é de suma importância para atingirmos vitórias em prol de toda a categoria. No final do mês de agosto, estive na Prefeitura em reunião com o prefeito Rodrigo Ashiuchi. O objetivo foi debater a reposição salarial do funcionalismo e tratar das pautas mais urgentes. Deixamos claro nossa posição de evitar perdas ao trabalhador.

Temos o diálogo aberto com o Governo e isso facilita a ponte entre Servidor e Prefeitura, sempre estruturada e muito bem representada pelo SSPMS. Devemos nos manter firmes em nossas posições e continuar na luta pelas melhorias no funcionalismo. Os trabalhadores podem nos ajudar nesta batalha ao cobrarem a Administração em suas páginas oficiais nas redes sociais e acompanhar e compartilhar os conteúdos produzidos pelo Sindicato.

Nesse cenário de crise econômica e retirada de direitos dos trabalhadores com a iminente aprovação da PEC 32, será imprescindível o envolvimento de todos no enfrentamento pela manutenção das conquistas consolidados da categoria. Diante dos desafios, convocamos a todos a se conscientizarem da situação atual. Pesquisem, questionem e leiam a legislação e proposituras.

Somente com a participação do coletivo superaremos os ataques aos trabalhadores e prosseguiremos na luta pela retomada de direitos e avanços nas conquistas. Enquanto isso, na esfera municipal, seguimos no aguardo de uma posição em favor do funcionalismo. A pressão vai continuar!

Cláudio Aparecido dos Santos (Ted) é presidente do Sindicato dos Servidores Públicos Municipais de Suzano, tesoureiro da Fesspmesp (Federação dos Sindicatos dos Servidores Públicos Municipais do Estado de São Paulo) e diretor adjunto de Finanças da CSPM (Confederação Nacional dos Sindicatos dos Servidores Públicos Municipais).

LEIA O EDITORIAL ANTERIOR
Servidores devem participar ativamente do processo de melhorias constantes do Sindicato

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *